1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.

lenovo sede

 

Em meados de 2015, a Lenovo foi acusada de instalar adware em mais de 750 mil portáteis vendidos. Na altura o caso foi bastante discutido, com a empresa a ter de fornecer forma de remover o adware dos sistemas afetados.

 

Apelidado de VisualDiscovery e criado pela empresa Superfish, este adware estaria a ser instalado de fábrica em vários sistemas da Lenovo, com vista a injetar publicidade no sistema e paginas acedidas pelos utilizadores. Na altura, este adware estaria ainda vulnerável a possíveis ataques de terceiros, com possibilidade de comprometer dados bancários e permitir ataques man-in-the-middle sobre redes privadas.

 

O caso chegou à justiça norte-americana, mas apenas agora são conhecidas as sanções. O tribunal responsável pelo caso na Califórnia e a Lenovo terão chegado a um acordo para o pagamento de uma multa, no valor de 7.3 milhões de dólares – valor que irá ser distribuído sobre os clientes que foram afetados pelo adware.

 

No passado a Lenovo já tinha revelado não concordar com as alegações, mas sublinha que se encontra satisfeita por encerrar um caso que já durava há mais de dois anos. Esta sublinha também que, até ao momento, não existem relatos de situações onde o adware tenha sido utilizado para fins maliciosos ou para obter informações pessoais dos utilizadores.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech